Vai encontrar

Insistir ou desistir?

2020.10.30 14:48 KenzilRay Insistir ou desistir?

Bom dia galera, tudo bem?
Tenho 21 anos e eu sou novo aqui, na verdade sou novo no Reddit em geral, e eu gostaria de desabafar um pouco com vocês, já vou adiantando minhas desculpas pelo texto longo.
Em Junho desse ano eu conheci uma menina pelo Tinder, e coincidentemente ela é da minha sala na faculdade, (estamos no primeiro ano, e como só tivemos aulas presenciais até Março, não deu pra conhecer muito bem o pessoal da sala). Bom, ai o caminho ficou mais fácil, eu procurei o WhatsApp dela no grupo da sala, e começamos a conversar por lá, e a gente se deu super bem, conversávamos o dia todo, sobre a faculdade, sobre o nosso cotidiano, sobre nosso problemas, enfim, sobre os mais variados assuntos, dava pra ver que ela tava afim de mim, assim como eu tava afim dela, mas infelizmente a gente não podia sair, nem se encontrar, por conta da quarentena estava tudo fechado, e tanto ela, como eu, estava levando isso a sério.
Bom galera, depois de uns dias conversando, eu percebi que ela estava totalmente diferente comigo, ela demorava horas pra me responder, e não me tratava como nos dias que a gente se conheceu. Isso me incomodava, mas eu sabia que não posso ficar cobrando isso de uma pessoa que sequer nem vi pessoalmente, então eu deduzi que ela estava passando por alguns problemas pessoais. Só que chegou num ponto que eu não aguentei mais, e resolvi perguntar a ela o que tava acontecendo, e resumidamente, ela tinha me dito que queria ir com calma em relação a tudo, pois passou por decepções recentes e não queria ser iludida novamente. Eu entendi o lado dela, até porque a gente não deve ficar forçando nada, tudo tem que acontecer de forma natural.
E desde esse tempo pessoal, vínhamos conversando como amigos pelo WhatsApp, as vezes conversávamos o dia todo, as vezes ela demorava pra responder, mas ela nunca me tratou mal, sempre foi gentil comigo, sempre puxava assunto e me chamava pra conversar, chegamos até fazer trabalho da faculdade juntos, eu senti que rolou uma identificação ali, entendem? Dava pra notar que ela gostava da minha companhia.
Só que a tragédia mesmo aconteceu no começo desse mês KKKKK Eu resolvi tomar uma atitude e falei que eu tava afim de uma conversa olho a olho, sair pra algum barzinho, lanchonete, restaurante, enfim, o lugar não importava, eu só queria conhecê-la melhor, sem segundas intenções. Galera, ela mandou um texto gigantesco, gigantesco mesmo, mas vou resumir aqui pra vocês: Ela disse que não sentiu o suficiente pra tentar um relacionamento, que eu posso ter criado um sentimento que não seja exatamente por ela. Ela também me disse que a gente pode dar certo lá na frente, mas que agora a gente não se identifica pra isso. Pra finalizar ela contou que tava gostando de um cara que não sabe o que quer e que sempre vai e volta na vida dela.
Isso me deixou abalado de uma forma inimaginável gente, mas ela disse que se eu quiser, eu posso chamar ela pra continuar a amizade, ela só pediu um tempo pra eu me recuperar e acabar com esses sentimentos. E hoje pessoal, eu continuo decepcionado com o que aconteceu, eu sinto muito a falta da companhia dela, das mensagens, dos assuntos. As vezes eu me arrependo de ter dito tudo aquilo pra ela, pois hoje parece que a gente nem se conhece mais..... mas por outro lado, eu não iria saber que ela gosta de outra pessoa entendem?
Isso tá afetando no meu dia a dia, no meu desempenho no trabalho, nas aulas online, e nessa quarentena parece tudo ficar intenso, eu choro sozinho, sinto saudades, fico carente esperando por uma mensagem inesperada, eu sinto um vazio muito grande. Eu cheguei a responder alguns stories dela (podem me chamar de trouxa gente, porque eu sou mesmo), e ela respondeu com muita gentileza, como se nada tivesse acontecido, mas eu não prolonguei muito a conversa, porque eu só iria ficar me machucando ali... e não é isso que quero para mim!
Gente eu gostaria de saber o que vocês fariam no meu lugar, se vocês chamariam depois pra continuar a amizade ou não? Mais uma vez me desculpem pelo texto longo, não sei se alguém vai ter coragem ou o tempo suficiente pra ler e responder tudo isso, mas eu precisava desabafar com alguém....
Obrigado!
submitted by KenzilRay to desabafo [link] [comments]


2020.10.30 13:58 mary_say Só queira por meus sentimentos pra fora em relação as pessoas

Eu tô com 17 anos faltando pouco pra fazer 18 e ctz não chego lá. É triste dizer uma merda dessa mas viver é uma desgraça. Sério viver é uma coisa tão ruim, é um castigo.
Eu nunca conseguir criar um laços forte de amizade com nmg, não por falta de tentativas mas sim pq as pessoas são tão tóxicas, superficiais e aaá. Pfvr n venha militar falando que tô errada, é a verdade irmão, raramente vc vai encontrar alguém livre de preconceito, de coração aberto e limpo. Todos os amigos/colegas que fiz ao longo da vida são tão superficiais e vazios, realmente não posso contar com eles pra nada. Tanto que vem os cortando da minha vida, já cortei todos a um tempo na verdade. A relação que tenho com meus pais nunca foi das melhores, está tudo bem, eles se esforçaram por mim e eu por eles só que não deu certo, algumas coisas não são pra ser. Nunca sentir que fui amada pela minha mãe, constantemente ela deixa isso explícito, nunca pude contar com ela, chegar e desmoronar encima dela e de nmg.
Fiz um post aqui falando que tava dando tudo certo mas a verdade era só mais um surto instantâneo de emoção gratificante q eu tive num momento específico, são só mais pessoas passageiras que só fez tirar mais um pedacinho.
Acho que as pessoas que lêem esses relatos "não são capazes de sentir" nem 1% das emoções de quem tá passando pela merda. Por isso é fácil comentar "rlx, q tudo vai ficar bem". Coisas do tipo. Sério acredite é uma merda 3:
Sabe oq é ficar sozinho a vida toda? Na escola sendo xingada o tempo todo só por ser diferente, na rua recebendo os olhares maldosos, sendo colocada pra baixo todo dia, acordar sabendo que tá levando da cama pra ser odiada por nada. kkkk pqp nem csg mais sair na rua, quando sou obrigada a sair eu fico de cabeça baixa.
Perdi minha habilidade de ter uma conversa, quando me forço a isso eu passo mal. Ontem fui num encontro com um menino merda que só queria me fuder, ele postou aqui " a mina saiu correndo no meio do sexo". Ele foi minha última tentativa. Foi uma das coisas mais difíceis falar com ele, sair com ele essas vezes, socializar com ele. Eu tava conversando com ele sabendo q daria em merda, sabe quando vc Fla com a pessoa sabendo q aquilo já é algo autoprogamado???? Sabe que vai terminar do mesmo jeito vc quebrando a cara.
Eu tô vivendo no automático q qualquer coisa que a pessoa falar eu concordo, tô cv's com um menino a 3 dias pela internet ele disse" tô tão apaixonado por vc, vamos morar juntos e blá blá blá". Eu só digo oq ele/oq as pessoas querem escutar pra deixá-las satisfeitas.
Por mais q tente por meus sentimentos nesse texto nem csg falar 2% oq realmente desejo.
Eu não sei exatamente pq tô fzd isso, acho que é uma nescecidade minha de deixar isso aqui só pra ser lembrada por alguém. Pfvr peço pra que n falem nada sobre isso, nem tô fzd isso pra ganhar upvote, nem tem necessidade disso.
Eu tô no quarto nesse exato momento sabendo exatamente oq tô fzd e tô feliz por está fzd isso, sério eu tô aliviada que n vou precisar acordar a manhã e tô bem, sério tô bem com isso.
Se pudesse ter nascido diferente eu teria feito isso, queria com toda minha alma que não sentisse isso, queria q tudo fosse diferente mas n foi. Dei meu melhor e n foi o suficiente, cansei de estender a mão e continuar caindo.
Quando vc conhecer uma pessoa que estiver sentindo mal, quando vc ver uma pessoa isolada na escola, trabalho tente conversar com ela por mais estranho que seja. Ame as pessoas independente de tudo e de seu melhor sempre, não vire as costas pras pessoas, se for nescessário abaixe a cabeça e tente dnv. Ame, apenas ame e seja bom com todos.
É isso, Hope world.
submitted by mary_say to desabafos [link] [comments]


2020.10.30 12:26 KenzilRay Insistir ou desistir?

Bom dia galera, tudo bem?
Tenho 21 anos e eu sou novo aqui, na verdade sou novo no Reddit em geral, criei minha conta ontem, e eu gostaria de desabafar um pouco com vocês, já vou adiantando minhas desculpas pelo texto longo.
Em Junho desse ano eu conheci uma menina pelo Tinder, e coincidentemente ela é da minha sala na faculdade, (estamos no primeiro ano, e como só tivemos aulas presenciais até Março, não deu pra conhecer muito bem o pessoal da sala). Bom, ai o caminho ficou mais fácil, eu procurei o WhatsApp dela no grupo da sala, e começamos a conversar por lá, e a gente se deu super bem, conversávamos o dia todo, sobre a faculdade, sobre o nosso cotidiano, sobre nosso problemas, enfim, sobre os mais variados assuntos, dava pra ver que ela tava afim de mim, assim como eu tava afim dela, mas infelizmente a gente não podia sair, nem se encontrar, por conta da quarentena estava tudo fechado, e tanto ela, como eu, estava levando isso a sério.
Bom galera, depois de uns dias conversando, eu percebi que ela estava totalmente diferente comigo, ela demorava horas pra me responder, e não me tratava como nos dias que a gente se conheceu. Isso me incomodava, mas eu sabia que não posso ficar cobrando isso de uma pessoa que sequer nem vi pessoalmente, então eu deduzi que ela estava passando por alguns problemas pessoais. Só que chegou num ponto que eu não aguentei mais, e resolvi perguntar a ela o que tava acontecendo, e resumidamente, ela tinha me dito que queria ir com calma em relação a tudo, pois passou por decepções recentes e não queria ser iludida novamente. Eu entendi o lado dela, até porque a gente não deve ficar forçando nada, tudo tem que acontecer de forma natural.
E desde esse tempo pessoal, vínhamos conversando como amigos pelo WhatsApp, as vezes conversávamos o dia todo, as vezes ela demorava pra responder, mas ela nunca me tratou mal, sempre foi gentil comigo, sempre puxava assunto e me chamava pra conversar, chegamos até fazer trabalho da faculdade juntos, eu senti que rolou uma identificação ali, entendem? Dava pra notar que ela gostava da minha companhia.
Só que a tragédia mesmo aconteceu no começo desse mês KKKKK Eu resolvi tomar uma atitude e falei que eu tava afim de uma conversa olho a olho, sair pra algum barzinho, lanchonete, restaurante, enfim, o lugar não importava, eu só queria conhecê-la melhor, sem segundas intenções. Galera, ela mandou um texto gigantesco, gigantesco mesmo, mas vou resumir aqui pra vocês: Ela disse que não sentiu o suficiente pra tentar um relacionamento, que eu posso ter criado um sentimento que não seja exatamente por ela. Ela também me disse que a gente pode dar certo lá na frente, mas que agora a gente não se identifica pra isso. Pra finalizar ela contou que tava gostando de um cara que não sabe o que quer e que sempre vai e volta na vida dela.
Isso me deixou abalado de uma forma inimaginável gente, mas ela disse que se eu quiser, eu posso chamar ela pra continuar a amizade, ela só pediu um tempo pra eu me recuperar e acabar com esses sentimentos. E hoje pessoal, eu continuo decepcionado com o que aconteceu, eu sinto muito a falta da companhia dela, das mensagens, dos assuntos. As vezes eu me arrependo de ter dito tudo aquilo pra ela, pois hoje parece que a gente nem se conhece mais..... mas por outro lado, eu não iria saber que ela gosta de outra pessoa entendem?
Isso tá afetando no meu dia a dia, no meu desempenho no trabalho, nas aulas online, e nessa quarentena parece tudo ficar intenso, eu choro sozinho, sinto saudades, fico carente esperando por uma mensagem inesperada, eu sinto um vazio muito grande. Eu cheguei a responder alguns stories dela (podem me chamar de trouxa gente, porque eu sou mesmo), e ela respondeu com muita gentileza, como se nada tivesse acontecido, mas eu não prolonguei muito a conversa, porque eu só iria ficar me machucando ali... e não é isso que quero para mim!
Gente eu gostaria de saber o que vocês fariam no meu lugar, se vocês chamariam depois pra continuar a amizade ou não? Mais uma vez me desculpem pelo texto longo, não sei se alguém vai ter coragem ou o tempo suficiente pra ler e responder tudo isso, mas eu precisava desabafar com alguém....
Obrigado!
submitted by KenzilRay to relacionamentoo [link] [comments]


2020.10.29 14:46 KenzilRay Meu Primeiro Desabafo

Bom dia galera, tudo bem?
Tenho 21 anos e eu sou novo aqui, na verdade sou novo no Reddit em geral, e eu gostaria de desabafar um pouco com vocês, já vou adiantando minhas desculpas pelo texto longo.
Em Junho desse ano eu conheci uma menina pelo Tinder, e coincidentemente ela é da minha sala na faculdade, (estamos no primeiro ano, e como só tivemos aulas presenciais até Março, não deu pra conhecer muito bem o pessoal da sala). Bom, ai o caminho ficou fácil, eu procurei o WhatsApp dela no grupo da sala, e começamos a conversar por lá, e a gente se deu super bem, conversávamos o dia todo, sobre a faculdade, sobre o nosso cotidiano, sobre nosso problemas, enfim, sobre os mais variados assuntos, dava pra ver que ela tava afim de mim, assim como eu tava afim dela, mas infelizmente a gente não podia sair, nem se encontrar, por conta da quarentena estava tudo fechado, e tanto ela, como eu, estava levando isso a sério.
Bom galera, depois de uns dias conversando, eu percebi que ela estava totalmente diferente comigo, ela demorava horas pra me responder, e não me tratava como nos dias que a gente se conheceu. Isso me incomodava, mas eu sabia que não posso ficar cobrando isso de uma pessoa que sequer nem vi pessoalmente, então eu deduzi que ela estava passando por alguns problemas pessoais. Só que chegou num ponto que eu não aguentei mais, e resolvi perguntar a ela o que tava acontecendo, e resumidamente, ela tinha me dito que queria ir com calma em relação a tudo, pois passou por recepções recentes e não queria ser iludida novamente. Eu entendi o lado dela, até porque a gente não deve ficar forçando nada, tudo tem que acontecer de forma natural.
E desde esse tempo pessoal, vínhamos conversando como amigos pelo WhatsApp, as vezes conversávamos o dia todo, as vezes ela demorava pra responder, mas ela nunca me tratou mal, sempre foi gentil comigo, sempre puxava assunto e me chamava pra conversar, chegamos até fazer trabalho da faculdade juntos, eu senti que rolou uma identificação ali, entendem? Dava pra notar que ela gostava da minha companhia.
Só que a tragédia mesmo aconteceu no começo desse mês KKKKK Eu resolvi tomar uma atitude e falei que eu tava afim de uma conversa olho a olho, sair pra algum barzinho, lanchonete, restaurante, enfim, o lugar não importava, eu só queria conhecê-la melhor, sem segundas intenções. Galera, ela mandou um texto gigantesco, gigantesco mesmo, mas vou resumir aqui pra vocês: Ela disse que não sentiu o suficiente pra tentar um relacionamento, que eu posso ter criado um sentimento que não seja exatamente por ela. Ela também me disse que a gente pode dar certo lá na frente, mas que agora a gente não se identifica pra isso. Pra finalizar ela contou que tava gostando de um cara que não saber o que quer e que sempre vai e volta na vida dela.
Isso me deixou abalado de uma forma inimaginável gente, mas ela disse que se eu quiser, eu posso chamar ela pra continuar a amizade, ela só pediu um tempo pra eu me recuperar e acabar com esses sentimentos. E hoje pessoal, eu continuo decepcionado com o que aconteceu, eu sinto muito a falta da companhia dela, das mensagens, dos assuntos. As vezes eu me arrependo de ter dito tudo aquilo pra ela, pois hoje parece que a gente nem se conhece mais..... mas por outro lado, eu não iria saber que ela gosta de outra pessoa entendem?
Isso tá afetando no meu dia a dia, no meu desempenho no trabalho, nas aulas online, e nessa quarentena parece tudo ficar intenso, eu choro sozinho, sinto saudades, fico carente esperando por uma mensagem inesperada, eu sinto um vazio muito grande. Eu cheguei a responder alguns stories dela (podem me chamar de trouxa gente, porque eu sou mesmo), e ela respondeu com muita gentileza, como se nada tivesse acontecido, mas eu não prolonguei muito a conversa, porque eu só iria ficar me machucando ali... e não é isso que quero para mim!
Gente eu gostaria de saber o que vocês fariam no meu lugar, se vocês chamariam depois pra continuar a amizade ou não? Mais uma vez me desculpem pelo texto longo, não sei se alguém vai ter coragem ou o tempo suficiente pra ler e responder tudo isso, mas eu precisava desabafar com alguém....
Obrigado!
submitted by KenzilRay to desabafos [link] [comments]


2020.10.29 14:39 flc10 daleste Rey do funk

nicole daleste Rey do funk • 19 minutos atrás Vcs fica rindo né queria que ,que fosse com vcs pra ver se vc ia gostar vcs podia ter filhos Irmãos irmas amiga primos tios vó vô a família toda ia ficar como eu acho que vc term que se colocar no lugar da pessoa pra abrir a boca pra falar merda vcs nem sabe oque faiz mano vcs vai ficar desejando mal para os outros vcs nunca vai ser feliz e quem fez isso com ele a consciência dessa pessoa já mato ela por dentro vcs tem quem pensar antes de falar ele só queria ter uma família filhos sua mulher e sua família juntos só quem é fã sabe o quanto Difícil é perde um ídolo e as vezes vcs nem sabe quem foi o MC Daleste pra tá falando ele errou fazendo as músicas dele de apologia ao crime ele pediu desculpas prós fãs por isso mais do mesmo jeito que ele errou ele reconheceu o erro dele pediu desculpas mais vcs já pararam pra escutar terapia eu tava a Ponto de me matar aí eu lembrei do MC DALESTE e pesquisei terapia essa música me acalmou pedi desculpas ppra deus por esses pensamentos e lembrei que eu tinha uma família irmãos tuas mãe eu tenho família vcs tem família e vcs tem que se colocar no lugar dos outros ele só morreu por causa das músicas de apologia ao crime muitos vão vim falar que foi pq ele foi talarico mais vc tem que saber primeiro antes de falar de um coisa que ele não gostava era de talarico nunca ninguém teve provas que ele ia encontrar prostituta ainda mais prostituta acabava os shows dele ele só queria ir embora dormir descansar e agradecer a Deus por ajudar a família dele por ajudar os outros devem tá falando mal dele mais deve quem nenhum de vcs sabia que todo ano ele dava 10 mil de chocolate pra crianças da quebrada dele iai vcs sabia disso?? Psé antes de falar merda procurar saber quem foi MC Daleste já ouviram a história dele acho que não muitos que não era fãs e nem conheçeh vai falar aí foi talarico mn seis não tem nem ideia do que fala Vey todo mundo respeitava ele muitos vão vim abrir a boca pra falar oque não sabe então antes de vcs falar da vida dos outros ainda falar oque não sabe vai vim várias pessoas pra falar da vida dele agora vai fazer oque ele fez vai conheçer antes de falar procurar saber da humildade do carinho do amor da gentileza que ele tinha por todo mundo principalmente a humildade ele é meu ídolo ss e eu tenho orgulho de ser fã do MC Daleste sabe pq pq eu vi tudo que ele fez eu vi todo o carinho dele por todos vi a fé dele conheçia e virei fã agora vcs que nem conheçia ou conheçia mais finge que não vê nada que ele fez da humildade de tudo enfim eu poderia passar duas aqui explicando mais se vcs não é que ele tá em um lugar bem melhor deus falou comigo aí contrário de vcs em tenho fé em deus só isso que eu queria dizer msm antes de falar preocura saber da história de vida da humildade do carinho do amor da gentileza que vcs não viu oq não era capaz de ver o bem que ele fazia todos mundo nota seus erros agora quando vc faiz algo de bom ninguém quer ver oq vc errou e daí que ele fez música contra a polícia conheçeu o erro pediu desculpas e foi ss polícial que matou ele pediu dinheiro sequestrado antes de morrer roubaram dinheiro dele e quando ele ia falar que foi sequestrado que a polícia pediu dinheiro pra ele estirão nele conhecidencia mais era só isso que eu queria falar msm preocura saber pq vcs não ideia do que o MC Daleste fez por muita gente agora só pq ele errou ele não era bom.ata desculpa não é que vc é santo né não erra claro que erra claro mais do msm jeito que vc erra vc ajuda tmb que eu sei então não fala que vcs não sabe não mano pq vcs não tem ideia de tanto bom que ele foi não tô falando isso pq ele é meu ídolo não tô falando oq é certo e me orgulho de ser autentica pra sempre autentica pra sempre vou falar oq ele fez que vcs não sabe e fica falando bosta orgulho de ter o MC Daleste como idolo e orgulho de ser autentica se quiser falar mal de mim pode falar mais preocura saber oq ele fez preocura tá pq ele trouxe paz pra muitos corações ajudou muita gente
submitted by flc10 to copypasta [link] [comments]


2020.10.29 10:18 nofimnaime Palavras Somente.

Eu não aguento mais conversar comigo mesmo, e como não tenho mais pessoas para isso, essa é a melhor solução. Minha vida só desanda, e desde 2017 eu não consigo segurar as pontas, tive perdas que até hoje me doem, e escolhas nas quais eu me arrependo toda a noite antes de dormir. Consegui afastar esses pesos algumas vezes durante esse tempo, mas ele volta com mais carga, cargas atuais, e isso sempre vem a calhar na semana do meu aniversário. Mas esse peso não é a dor que quase me fez ser atropelado no meu aniversário ou a entrar em pânico na frente de um mercado. Uns meses atrás conheci uma pessoa, e eu naquele momento só queria sair com alguém, aproveitar uma nova amizade e ter aquele lance casual, era só isso, eu estava no meu canto escuro do quarto, já acostumado com esse peso no meu peito, e não queria mais dor de cabeça. E infelizmente eu conheci ela, eu não dava nada pra aquela desgraçada, as mensagens trocadas porém, me fez sentir algo por ela, aquele tipo de sensação "Ok, quero ser seu amigo", e desse jeito eu descobri que ela também não estava bem, tinha acabado de sair de um relacionamento complicado de 5 anos (3 anos de namoro, mas já sofria por 5 anos), e eu botei aquilo na minha cabeça, só queria ter uma pessoa pra conversar, conviver e aproveitar tudo que dava, e depois de uma longa espera de dois dias de conversa, resolvemos se encontrar, morávamos perto do outro, na qual no meio do caminho tinha um parque, perfeito meio termo para ambos, e quando eu vi ela, tudo que eu tinha montado sobre ela mudou. Aquele mesmo sentimento que você olha e admira aquela pessoa no trem, acha tudo incrível e pensa "e se...", o diferencial mesmo foi já conhecer ela, e a cada detalhe, conversa e risadas daquele dia, eu tive a infelicidade de nutrir um sentimento por ela... Não demorou muito para as coisas rolar entre a gente, tínhamos um entrosamento perfeito, e estávamos lá, indo pra minha casa no nosso primeiro encontro, e o que eu achei disso? Eu realmente tinha me apaixonado pelo brilho do olhar dela, o sorriso dela me trazia pás e a voz dela me acalmava, era tudo que eu queria até o momento, chegando lá ela me explicou que o ex relacionamento dela ainda pesava naquele momento, lógico que eu me desapontei um pouco, mas era apenas uma apaixonisse de momento, dava para reverter, e fiz o que tinha que fazer, falei que não iria servir de ponte para ninguém superar ninguém, acabou que ela dormiu na minha casa... Foi uma das melhores noites da minha vida? CLARO PORRA, E AINDA ELA FOI A PROTAGONISTA DE UMA DAS CENAS MAIS MEMORÁVEIS DA MINHA VIDA. No outro dia, conversamos ainda mais, e na dúvida que eu estava, esperei pelo movimento dela, pra mim tudo é um jogo, cada detalhe e ação conta, e o turno dela foi pedir um Uber pra minha casa, pra passar outra noite comigo, e ela estava incrivelmente linda... maquiada com uma delicadeza... vestido que abraçava a arte corporal dela... e a boca que porta o melhor dos sorrisos...
Foi nesse momento que eu cometi o maior erro de todos, depois de uma noite incrível (outra), eu falei que queria ela pro resto da minha vida, ela ainda estava afetada pela outra, mas o coração dela já sentia alguma coisa por mim, além do relacionamento passado dela, tinha a minha ex...
E então eu entro no meu primeiro inferno.
Sim, é isso mesmo que você está pensando, 4 dias de conversa e eu já estava pedindo ela em namoro, eu não conhecia ela direito, e muito menos ela me conhecia, só que aqueles momentos foram ótimos, e foram por bastante tempos, mesmo com autos e baixos, só que cada vez que ela deitava no meu peito, e a gente conversava fica mais nítido que os dois se amava, e saiu dela, o primeiro "te amo", na qual terei a dor de nunca esquecer, e foi assim que depois de 6 dias de conhecer ela, resolvemos entrar em um relacionamento, depois dela ter completado um mês de sair do dela, e eu de ter tentado incontáveis vezes de retorna com minha ex. Aliás, minha ex... todos nós temos problemas, e o problema dela sempre foi se depender demais de mim, morávamos juntos, e depois de perceber que a gente não daria certo, terminei e voltei pra casa, porém ela era destruída psicologicamente, uma vontade de suicídio constante, e eu tinha medo de isso se torna uma realidade, mesmo terminando com ela, a moça nunca deixou de ter minha importância, antes de sermos namorados, eramos amigos, e isso não acabou, sempre vou me importar com ela, como a grande amiga que ela é. E nossa protagonista não entendia isso, até tentou compreender a gente guardar por um tempo, mas ela queria nos anunciar para o mundo... E no começo eu não entendia o "pra que?" só tentava explica que isso poderia acabar com a vida de uma pessoa, e depois de uma semana nisso, se encontrando todos os dias com ela, resolvi conversar com minha ex. Expliquei pra ela o que estava acontecendo, e que eu tinha encontrado outra pessoa, que não queria perder o contato dela, sendo ela uma das pessoas mais importantes da minha vida, acabou que minha ex entendeu, e ficou ressentida, ela sentia muita coisa, e queria voltar... mas ela seguiu o caminho dela e me deu apoio, ela simplesmente me queria feliz, era só eu correr pro abraço da minha então amada e vocês teriam lido o começo de uma linda história de amor...
E então eu senti pela primeira vez a chama silenciosa do primeiro inferno.
A pessoa cujo eu já chamava de "Vida", não achou isso o bastante, mesmo já declarando nosso namoro, ela queria mais, pediu pra eu cortar contato com minha ex, vulgo melhor amiga, dizia que não daria certo e me pressionou a prometer isso pra ela, e nesse meio termo, eu tive que ver ela tentando reconstruir uma amizade com a ex dela e falhando miseravelmente no mínimo, mas BELEZA, segui deixando a minha ex de lado e fui construir o que eu queria com a pessoa que eu desejava, e nas primeiras semanas, foi maravilhoso, eramos a melhor combinação do mundo, dava pra sentir os outros casais invejando, a gente era mais entrosado que Romário e Bebeto, mais bonito que o sol se pondo em um céu laranjado, muito mais divertido que o todo o elenco dos Barbixas fundido com o Hermes e Renato, se você não entendeu que éramos incríveis, coloca todas as referências ao seu gosto que você vai entender. Só que eu descia mais para o inferno e não sabia.
Os outros níveis do inferno.
Todo mundo briga, não é nenhum erro discordar com alguém, e os lados se alterarem, mas o meu pavio estava curtíssimo... Eu não me aguentava, imagina então os erros das outras pessoas? E eu falava com ela o que me incomodava, e não era coisa básica do tipo "aí não gosto do seu sotaque" tava mais pra "você poderia falar menos putaria no meio da rua entre as pessoas?". E isso foi piorando, e eu não sou nenhum santo, muito pelo contrário, sei que errei de ter falado com ela daquele jeito, e então foi aí que o MEU jogo começou a trocar de estilo, eu percebi que tinha que mudar meu jeito, meu comportamento e minha forma de tratar algumas coisas. Sou explosivo, se tem que brigar, eu brigo, mas cara, eu não queria perder ela, e nessas foi me tocando que poderia ser melhor eu me trancar na fúria e dialogar na calma, e sim, eu me moldei a ela. Não, não errei só nisso, fiz coisas na qual eu não me orgulho e nem sei como aconteceu, porém, eu estava lá, ouvi o dela, e mudei, é um mérito meu, eu quero que você que está lendo tenha sua própria resposta para isso, pois a minha resposta é, não, isso não é um mérito, se você percebe que está errado, você muda, ok! Ok? E eu infelizmente não vou te dar um Plot Twist e falar que estamos vivendo lindamente, pois a gente desceu mais os degraus... No nível de começar a culpar o jeito no qual a gente conversava no whats para poder brigar, ela falava que eu era outra pessoa no whats, que respondia seco e era monossilábico, eu nunca vi isso, para começo de conversar, e ninguém nunca reclamou isso de mim, o que eu achei mais estranho, porém ela falou que outras pessoas que ela mostrava minha conversava concordava com ela, e tentei mudar isso, mandava mas áudio no intuito de ser mais confortável pra ela, e então chegou nosso primeiro mês de namoro...
Eeeeeh laiá, se quiserem numerar os infernos, fiquem à vontade, pois eu não tenho saco.
Eu sempre odiei isso, de mêsversario, maluco, ninguém quer saber que seu bebê feio está fazendo 8 meses, ou então seu relacionamento que ninguém liga está no terceiro mês, sabe quem se importa pro seu relacionamento, você e sua companheira, e... era importante para nós dois... pra mim pelo menos...
Chegou o cujo dia, e eu tinha planejado uma coisa simples, porém de coração. Vinho, uma pizza, janela aberta com iluminação da lua, era um momento especial na qual queria deixar ainda mais especial. Não falei nada, só deixei as coisas acontecer, e eu não sei por qual motivo, mas ela não estava me ajudando para isso (descobri depois o porquê) e meio que ficava "aí vc quer me ver ou não", meio que se não fosse óbvio que SIM, não só pela vontade de ver ela todo o dia, como pela data, e eu falava que queria, porém ela achou que faltou "vontade" nas minhas palavras, e resolveu ir em uma festa no dia que marcava um mês no nosso relacionamento, eu não acreditei, fiquei encabulado, cara, era nossa noite, noite na qual você optou por passar com pessoas que eu nem sabia quem era, e sem mais nem menos, e vamos discutir de novo... Mas dessa vez foi diferente. Fui na casa dela, já tínhamos conversado sobre o que aconteceu pelo telefone, ela falando que eu não fui direto e parecia sem vontade de ver ela, e eu explicando que não, e que ela cagou pra mim e foi pra uma festa como se fosse nada de mais... Acabou que ela me falou que estava muito cansada pra um relacionamento sério, e que achava melhor a gente dar um tempo, até ela se sentir confortável para estar em outro relacionamento... Tudo que eu queria, era não perder ela, concordei como um desesperado, porém falei que não iria aceitar algumas coisas, entramos em um consenso, e agora sim estamos felizes até agora, claro que não...
Depois desse episódio, resolvi me dedicar ainda mais, fazia tudo que dava pra ela, andava pra qualquer canto com ela, ia buscar, levava ela, talvez vocês nem acredita, mas eu mudei a direção do vento só pra ver o vento tirar o lindo cabelo dela da frente do mais belo rosto, e isso não foi o bastante. Ela buscava mais coisas para a gente discutir, com coisas do tipo "não se mexe no celular na companhia de alguém" é até verdade, mas dá pra você abrir uma excessões quando você passa o dia inteiro com a pessoa, mas eu aderi, e continuei me mudando por ela, era meu foco a melhora dela, e ter nossas alianças de volta "sim, eu comprei alianças, e ela tirou quando pediu o tempo". Mas foi aí que as coisas começaram a mudar pra mim, não vou esquecer que a gente passou mais um tempo de boas, mesmo depois dela ter pedido o tempo dela, a gente brigou muito, e nisso eu estava pensando "será que é bom pra nós dois?" só que quando a gente passava a tarde juntos, eu perdia esse pensamento, pois eu amava ela de verdade, cogitei terminar sim com ela, mas a gente conversava e se resolvia, porém foi nessa que eu percebi que só uma pessoa mudava, eu...
E então, chegamos no último inferno.
Essa epopéia estava no fim, e eu nem percebi, mas vamos logo para o último capítulo. Eu já conhecia a família dela, pelo menos a parte que ela sente alguma coisa, e chegou a vez dela conhecer a minha, meu irmão que tava em Brasília veio com a minha prima e era o momento perfeito, minha mãe ia preparar um almoço especial, chamou até minha tia e meu tio, tava tudo perfeito, só não esperava por uma coisa importante, ela não ir... Então vamos lá, bora começar uma semana antes, ela estava mal, se sentindo triste, fui na casa dela e troquei meu melhor amigo (que estava fazendo aniversário) pra ficar com ela, ele simplesmente me implorou para ir, e eu só falei "me ocorreu um imprevisto", era ela o imprevisto, e dei a força que ela precisava, beleza, no outro dia ela saiu com a amiga dela (coisa que me incomodava, já que a amiga dela incentivava ela ficar com outras pessoas, mas dessa vez, eu achei que ela precisava sair da casa dela). Só que ela ainda estava meio pra baixo, e no final de semana, especificamente sábado, resolvemos sair, ela com a galera dela, e eu com meu amigo que eu tinha furado, no domingo era o almoço, beleza, a gente conversou no whats e parou em um momento da noite, eu não me lembro do restante da noite, fiquei muito bêbado (e não, não fiz nenhuma merda de bêbado, só não me recordo de como eu voltei pra casa e que horas), acordei cedo, que é estranho, e antes mesmo de mandar mensagem pra ela, 6h ela me manda um áudio, falando que tava voltando pra casa da amiga dela naquele horário e que não daria pra ir pra minha casa conhecer minha família, eu fui destruído aí, mandei um "tudo bem", esperei até às 7h, fui no mercado comprar as coisas pro almoço, e foi isso, a cada pessoa perguntando, "Hey, cadê a sua Vida", eu simplesmente colocava um sorriso falso no meu rosto e falava "tá passando mal hoje, vai ficar em casa", no meio do almoço ela me ligou, e eu falei que fiquei mal com isso, e que não queria ver ela. E lembra que eu falei que via as coisas como um jogo, foi esse momento que eu pensei em desistir de tudo, o mais forte desse sentimento. Ela veio em casa, e me ouviu dizer que não queria mais aquilo, eu tinha cancelado trabalho pra ir ver a família dela, quando ela ficou na rua pra não ver a minha, mas eu fui fraco, aceitei as desculpas dela... A mesma pessoa que fala que desculpa não é uma palavra, e sim uma ação, e foi nisso que eu me peguei. E no outro dia, ela tinha uma entrevista de emprego online, na qual o entrevistador não foi com a cara dela (e ele foi babaca, ela foi incrível na entrevista), s acabou nela não passando, ficou devastada, e eu ainda meio chateado com ela, larguei de lado esse sentimento, e fui ajudar ela, comprei bebida, a melhor pizza que eu podia pegar (dominos é claro) pra ver ela levando o vinho que peguei pra beber com a amiga dela...
Ok...
Queria muito ver ela, e na sexta foi o dia, IRRAAAAAAAA, vou ver ela, e ela vai passar o dia comigo, vamos ter a melhor noite de todas e nada disso vai acontecer... Tirando a parte de ver ela, eu fui, e passei incrível 3h lá, a amiga dela falou que tava na bad, e pediu pra ela ir lá, e fodac eu. Mas até aí tudo bem, a garota lá precisava de uma companhia, acompanhei ela até um lugar pro Uber ficar tranquilo, e trocamos mensagem até de noite, quando ela resolveu sair... E sumiu... De madrugada (umas 5h) ela falou que a noite dela foi incrível, que conheceu um cara na qual conversou bastante, e que se divertiu muito, e isso foi as últimas coisas que ela me falou no final de semana resto de sábado, domingo e começo de segunda. Então começou a semana, fui entregar currículo já pensando "isso não está acontecendo" "deve ter uma resposta melhor", a única coisa que ela deveria fazer, era me valorizar depois da pisada de bola do almoço, e não contente, ela me pisa na com os dois pés depois, eu precisava entregar aqueles currículos, eles perderiam a data de vencimento, já que no outro dia eu teria 23 anos, e foi o pior dia do meu ano, eu tava visivelmente abalado, cheguei a vomitar no meio da rua, e mandei mensagem pra ela, pra saber se como estava, e ganhei um incrível "oi, c tá bem?". Cara eu já não tava legal, estava no meio da rua mal, e ainda ganho uma dessa, como se fosse um qualquer na vida dela, mandei um áudio pra ela, falei que não tava, que ela tinha sumido final de semana e queria conversar com ela, e sim, já ia com intensão do pior, colocar todas as coisas dela na minha bolsa, e com a pior das hipóteses já terminava ali, só que fui surpreendido... ela responde a porra do áudio com um "ah, não sei oq vc entendeu, nosso lance é casual, eu tive um final de semana cheio, virei duas noites, pipipipopopo" as lágrimas do meu rosto já estava deixando de existir com a falta de senso dela, eu simplicidade liguei e a única coisa que eu consegui falar foi "Eu desisto." Falei que ia encontrar ela e levar as coisas que estavam na minha casa, e pedi pra ela levar as minhas coisas (inclusive as alianças que ficou com ela), quando ela me chega, toda sorridente, fazendo sinalzinho com a mão, e eu não querendo acreditar, não sabendo se ela não entendeu a grandeza dos acontecimentos, ou porquê eu era só um qualquer pra ela, ela sentou na minha frente e disse "aí, eu não vou mais correr atrás de você... E blá blá blá" era uma realidade horrível, eu não estava acreditando que vivia aquilo, eu pedi minhas coisas, dei a dela, e disse tchau, e ela teve a pachorra de me perguntar se eu não ia abraçar ela, será que em algum momento ela percebeu minha expressão facial? Ela olhou pro vermelho dos meus olhos? Ou então notou o tom da minha voz? Eu cheguei em casa, destruído, e desativei tudo que poderia, graças a Deus eu ainda tenho pessoas que se importa comigo, e me ligaram, falei que ia me isolar um pouco e que qualquer coisa poderia me ligar. Foi a pior noite da minha vida, não dormi nada, e não aguentava nada, quando chegou as 7h da manhã, resolvi sair, chorando que soluçava, e fui para o parque, sentei no banco, e fiquei lá, quando a primeira pessoa me liga, me dando os parabéns (sim, era meu aniversário), eu não sabia oq falar e disse que tava ocupado, na segunda eu não consegui enganar, e percebeu minha voz de choro, falei que logo ligava de novo, e na terceira, eu desabei, era minha ex, a única pessoa que eu não esperava, ela sempre sabe quando eu não estou bem, e ela me deu um pouco de energia, me incentivou a ir pra casa, ver minha mãe, e sair com algum amigo, levantei animado, as palavras dela fazia sentido, até lembrar que a única pessoa que eu realmente queria a ligação não fez questão, e aconteceu uma das piores coisas da minha vida, eu simplesmente olhei para um carro na rua, e fui em direção a ele, a sorte que eu tive do cara ter feriado hoje eu vejo que é incrível, a sorte que eu tive de só ter subido em cima do capô dele e ver ele de tão perto atrás do parabrisa só mexendo a boca não entendendo nada que ele falava, sai de cima do carro e sentei na calçada, depois de uma longa conversa entre um grupo de pessoas, um cachorro e comigo mesmo, resolvi ir pra casa, lavei meu rosto e abri a geladeira, minha mãe tinha feito uma torta pra mim e comprado pizza pra fazer de noite, a minha relação com minha mãe é de mais ou menos pra ruim, porém naquele mesmo dia, foi ela que me viu chorar depois de me desejar sorte, sendo que quem eu chamava de "Vida" me deu o pior parabéns possível pelo Instagram.
Até hoje, dois dias depois do meu aniversário, ela não apareceu pra falar qualquer coisa, e eu realmente não quero ver a cara dela, pois eu tô destruído, até agora eu tô recebendo ligação e mensagem de pessoas que realmente se importa comigo, pedindo pra me ver, e eu não conseguindo, porque essa é a pior versão de mim, e eles merecem muito mais que isso, eu tô pensando em tanta coisa ruim agora, e minha mente tá conturbada tentando simular isso como se nunca tivesse acontecido, e eu realmente não consigo acreditar como esses poucos meses, destruíram tanto minha vida.
Você que leu isso até agora, agradeço muito por reservar esses minutos da sua vida pra esse texto, eu começar ele umas 23h da noite, e tô terminando agora 6h17, depois de parar algumas vezes, e me desculpa pelo tamanho. Eu só achei que precisava compartilhar isso com alguém.
Obrigado por ter chegado até aqui.
submitted by nofimnaime to desabafos [link] [comments]


2020.10.29 00:12 tirinhadepeixe minhas inseguranças tao acabando com meus sonhos

Acho que esse vai ser longo dscp Quando isso tudo de quarentena começou eu ja tava me preparando pra terminar estágio e pegar conclusão de ensino médio, meu sonho sempre foi fazer cinema, mas apesar de morar no interior, meu pai e avó tinham casas em capitais e isso ia ser uma ajuda enorme. Sem contar com uma tia de outra cidade que conhecia uma faculdade com bolsa muito boa perto de onde morava. Apesar disso, eu ainda tava obviamente preocupado com como ia ser minha vida que ia tomar um rumo completamente diferente da minha vida atual, provavelmente precisaria de um emprego e conciliar isso com a faculdade com a qual eu nem sabia como ia entrar (tenho extrema dificuldade de aprendizado e dou meu máximo pra só conseguir o mínimo sempre). Tinha começado a consultar uma psicóloga no fim do ano passado, pelo pouco tempo de consultas e minha dificuldade em me comunicar, eu ainda tava tentando encontrar um remédio que se adequasse à minha situação de ansiedade, insônia e etc. No começo desse ano um deles surtiu um efeito super positivo no meu sono pelo menos. Eu ja era meio problemático, mas tudo "começou" a dar errado no começo do ano quando eu tive um bloqueio criativo de um jeito que nunca tive na minha vida, isso quebrou meu costume de escrever pequenas histórias e tal, que era uma das poucas coisas que eu conseguia fazer sem me sentir um lixo humano, mas em teoria eu nem deveria me preocupar com isso, ja que faltavam alguns meses pro enem e eu precisava estudar. Daí veio a pandemia e me "presenteou" com mais tempo, esse tempo também fechou a clínica onde eu consultava minha psicóloga, e eu me perdi completamente, o tempo que o remédio deveria levar pra fazer efeito na minha ansiedade não deu em nada e eu fiquei completamente desesperado, perdi a opção de ficar com a minha tia e isso que parecia a melhor opção e isso me deu um choque muito grande, as pessoas começaram a morrer a rodo e eu moro em frente a um dos maiores hospitais da minha cidade, então foi paranoia em cima de paranoia a ponto de eu tentar não sair nem do quarto, minha família continuou se visitando praticamente todos os dias e fazendo festas de aniversario e etc se reunindo e isso só me deixou pior, eu já não conseguia fazer absolutamente nada além do básico comer e dormir, até o que eu gostava parecia tão difícil e inútil e eu simplesmente sentia que não tinha pra onde ir. Com o tempo meus amigos conseguiram achar meios de me distrair com jogos e etc e isso até me deixava menos pior do que eu ja me sentia, eu tava ficando menos tenso quando o assunto era enem e faculdade de novo e tava pelo menos confiante o suficiente pra não querer chorar pensando sobre o futuro, daí minha avó morreu. Sinceramente, eu ja passei por muitas coisas horriveis e até ja pensei em acabar com tudo, mas essa dor eu nunca tinha sentido e foi algo tão completamente diferente e cruel. Eu ainda me pego pensando nisso em momentos diferentes do dia numa frequencia que me incomoda e saber que ela era uma das poucas pessoas que sempre me apoiou completamente em literalmente tudo me fez sentir como se a vida tivesse terminado de obliterar minha sanidade de vez. Depois de muito choro e um pouco de auto flagelo consegui esvaziar pelo menos um pouco meus pensamentos e voltar a tentar praticar redação, apesar de o bloqueio criativo nunca ter terminado e eu ja ter desistido de estudar a meses atrás e então decidi pesquisar mais sobre a universidade na qual eu queria entrar, no enem anterior eu não pesquisei nada, porque normalmente dados tipo notas de corte e tudo mais me deixam nervoso, mesmo sendo baixas e isso quebra meu rendimento completamente, então descobri que cinema em anos anteriores é uma coisa concorrida de uma forma que eu nunca imaginei, de acordo com alguns anos até mais que medicina em questão de candidatos por vaga. Eu fiquei desesperado como sempre e pesquisei mais sobre, descobri que a média de alunos que entraram em anos anteriores era em volta dos 650-750, mas mesmo sabendo que essa é uma média bem baixa se comparada com o todo, eu me sinto completamente incapaz e quanto mais triste eu fico mais eu lembro de tudo de negativo que eu ja passei pela vida inteira, quando eu entro nesse turbilhão de memórias parece que eu me desligo do mundo, mas se eu não conseguir entrar na faculdade nesse ano, não tenho certeza de como fica mais minha moradia com meu pai por conta do trabalho dele e sinceramente duvido que eu seja capaz de viver sozinho pelo menos no começo contando que só de pensar no futuro eu tenho uns ataques de tremedeira e choro eu ja tentei fazer muita coisa e cinema foi o unico lugar em que eu realmente consegui não ser um fracasso total, mas sempre que me sinto inseguro é como se eu desligasse e não tem ninguém que pode me ajudar.
Edit: Tava a horas tentando postar isso porque o reddit n deixava ent tem uns pontinhos de desespero a mais agr
submitted by tirinhadepeixe to desabafos [link] [comments]


2020.10.28 22:15 zonadedesconforto Coronavírus está destruindo todas as minhas perspectivas de futuro

Em janeiro, tudo tava se encaminhando para que esse ano de 2020 "desse certo". Comecei a participar de um projeto muito bacana, me envolvi com alguém que eu gostava muito... Muitos planos feitos, bilhetes de passagem aérea comprados, etc...
Até que veio a pandemia e cancelou tudo. Ok, os primeiros meses foram péssimos pra mim, precisei de ajuda de terapia pra poder aguentar esse período de isolamento e suas muitas crises de ansiedade... mas com o tempo, tudo foi passando, o número de casos no meu estado foi diminuindo, comércio reabriu...
Porém, vendo a situação da segunda onda na Europa, me sinto como se estivesse revivendo todo aquela situação traumática de novo. Vai ser sempre isso? Vai vir segunda onda no Brasil e vai deixar ainda mais mortos e ainda mais caos social? Eu, que sou jovem e sem comorbidade, só vou conseguir vacina em 2022 mesmo? Só vou conseguir viver sem medo de poder encontrar os poucos amigos que restarem até essa época?
submitted by zonadedesconforto to desabafos [link] [comments]


2020.10.28 15:26 carcass_lottery Protecção Civil quer recolher obrigatório no distrito do Porto

Link:
https://www.publico.pt/2020/10/28/sociedade/noticia/comissao-proteccao-civil-quer-recolher-obrigatorio-distrito-porto-1937025
Texto:
O presidente da Comissão da Protecção Civil do Porto vai pedir nesta quarta-feira ao Governo que seja decretado recolher obrigatório no distrito. O pedido surge na sequência do aumento do número de infecções por covid-19 mais a norte e de forma concertada entre os autarcas do distrito.
O objectivo é encontrar-se um “equilíbrio entre economia e saúde pública”, avança ao PÚBLICO Marco Martins, que defende esta alternativa de forma a evitar-se “outro confinamento”.
O pedido será discutido no próximo Conselho de Ministros de sábado, de onde sairá já uma decisão, avança, sublinhando ainda não estar definido horário para o recolher.
A Câmara de Matosinhos já nesta terça-feira tinha anunciado novo horário de encerramento para os centros comerciais do concelho — passam a fechar às 21h. Marco Martins, também presidente da Câmara de Gondomar, afirma não estar programada, por agora, na autarquia que preside, medida semelhante.
submitted by carcass_lottery to porto [link] [comments]


2020.10.28 03:28 muiedoida Vou ter que ficar

Cansei de tudo, vou viajar
Sem passaporte nem dinheiro para ficar
Quero um trem bem longe para não lembrar
Quem sabe sentir saudade e querer voltar
Não sei pra onde, mas sempre soube achar
Aventuras escondidas prontas para brincar
Não vou levar mapa, nem manual pra tocar
A banda de sonhos que vai me levar
Fronteiras fechadas, eu não sou bem-vinda
Explorar o mundo não pode ainda
Se não posso andar
Me resta pirar a cabeça e chorar
Pelos corpos embaixo da terra
Pelo coro dos burros, pelo inimigo do ar
Vou fuçando o passado daqui para me encontrar
Mas quase tudo que eu achei que era nosso
São remendos de outro lugar
Estou presa pra sempre e é aqui que vou ficar
submitted by muiedoida to rapidinhapoetica [link] [comments]


2020.10.27 16:40 dreusdreus Não quero ter filhos

Discuti com minha vó. Ela: "não é normal uma mulher não querer ter filhos". Ela de novo: "a mulher que não quer ter filhos tem um problema".
Decidi que não vou mais colocar na mesa esse assunto. É uma discussão cansativa, onde não existe uma reflexão da outra parte.
Não quero ter filhos. E daí? Pq as pessoas se ofendem tanto com essa decisão?
Não quero ter que me justificar.
Mas gosto de falar os motivos.
Não gosto de me importar com as pessoas a ponto de doer. Pq o amor de mãe dói e muito. Doi quando o filho recusa o bico, doi quando a criança da seu primeiro chilique, doi quando somem, doi quando te desrespeitam, doi quando o filho não respeita a mulher, doi quando o amor não é retribuído da mesma intensidade, doi perder o filho, doi perder o filho para suicídio, doi perder o filho para homicídio, doi perder o filho pelas drogas e dói perder o filho para o crime. Doi quando o filho não manda mensagem quando sai para a farra. Preocupações, culpa e dor. São esses sentimentos que nascem numa mãe. Existe o amor. Aquele amor incondicional. E muitos vão me alertar de que eu nunca vou sentir um amor tão forte. Eu acho lindo amor de mãe. Mas eu não quero. Eu fujo de intensidade e ser mãe é colérico.
Tenho horror a dor do parto. Não acho bonito barriga de grávida. Parto normal ou cesariana existe chances de ter uma violência obstétrica. Nao ia gostar do processo da gravidez. Não ia querer amamentar. Sem contar na possibilidade de depressão pós parto.
Não quero um ser dependente de mim durante anos. E infelizmente é impossível calcular quanto tempo.
Não quero educar. Na teoria, educar é o máximo. Na prática, um bocado mais difícil de exercer. É necessário paciência, persistência e repetição. E mesmo assim pode ser que a criança não esteja disposta aprender.
Filhos custam muito caro. Eu não gosto de gastar muito, tendo filhos seria difícil evitar gastos. Roupas, brinquedos, saúde, alimentação, educação. Sem contar que eu teria que lidar com a negociação quando a criança decidir se jogar no chão caso eu não queria comprar o que ela quer.
Criança chora. Criança faz birra. Criança pode ser bem manipuladora e má. Não tenho muito jeito com crianças. Eu as trato como adulto. Não sei adular.
São companhias que eu não quero ter. Não quero ter 24h um bebê, nem uma criança e muito menos um adolescente. Posso trocar ideia com pessoas de variadas faixas etárias mas eu sempre preferi conversar com pessoas da minha idade até os mais velhinhos. Se a criança fosse um benjamim Buttom, eu ia me entroçar mais. Então se meus filhos nascerem com 30/40 e sem depender de mim, seria ótimo mas aí não seriam filhos, seriam amigos/amantes/colegas.
Depois que o filho cresce, eles dão pitaco na sua vida. Principalmente se você for velho.
Você nunca estará sozinha. Pelo menos durante uns bons anos. E a ideia de não poder ficar só, me da uma agonia sem precedentes. É tirar uma parte essencial da minha vida.
Eu não gosto de cuidar. Nem da casa nem dos outros. Não gosto de ter que preparar comida todo dia, nem dar banho, nem vestir, nem levar aos lugares. Não ia gostar de ter que mandar tomar banho ou mandar fazer a tarefa.
Você terá que sempre está pronta. Ou para uma emergência, um dever de escola, uma briga mal resolvida, comida. Se você não for privilegiado, não terá uma empregada. Logo você está sempre fazendo alguma coisa pra casa ou para o bebê. E bebê demanda muito da mãe e vai demandar ate parte da sua infância.
Seria injusto ter filhos esperando que eles cuidem de mim na velhice. Primeiro que velhice não é doença. Segundo que mesmo com filho, eu ia preferir me virar só. E se fosse necessário, eu mesma contrato uma enfermeira. Se fosse necessário.
Eu sou pacata. Não ia gostar de ter que ir a escola trocar ideia com outras mães nem conhecer os amigos do meu filho na parquinho. Ia recusar todos os convites para festa infantil e também não ia gostar de fazer festa pq da gasto e enche de gente.
Eu tenho um problema psiquiátrico. Ter um filho biológico aumenta 50% das chances dele também ter esse mesmo problema. Não quero um mini eu por aí. Tô bem de boa em não espalhar meus genes medicamentados, rs.
Meu filho pode me culpar por todos os problemas. Eu posso culpar meu filho por todos os meus problemas. Não quero isso pra mim.
Ter filho é uma escolha, uma decisão. Que precisa ser pensada durante meses, senão anos! Filho não se pode devolver nem jogar na rua. Tem que cuidar da melhor maneira possível. É uma bela decisão, admiro muitas mães por aí e acho que deve ser uma das coisas mais difíceis de fazer: educar um ser humano. E pra isso a mulher que decidiu ser mãe também tem que querer muito. Não adianta querer ser mãe pela sociedade ou pq o marido quer um filho. No final, é a mulher que toma conta do ser.
E por fim, eu não quero ter filhos por causa da sociedade misogina que vivemos. Sociedade que comete violência obstétrica, trata a mãe como uma parideira sem emoções, como uma santa que não transa, se mete na vida do que deve pode não pode fazer. A mãe é vigiada. Pq é uma mulher com filhos, saindo de mini saia? Com esse sujeito do Tinder? O que nossa família vai pensar? Tenha outro filho, vai deixar o moleque sem um par? Que horrível mulher amamentando na rua, esconde esse peito. E quando você sai, você deixa o filho com quem? Quem é o pai do seu filho? Não casou pq? Mãe solteira. O pai ajuda? Nossa, ele da pensão! Você deveria agradecer pq nem isso os homens fazem. Vai usar biquíni depois que pariu? E essa pelanca aí? Corajosa você, hein? Não leva homem nenhum pra casa não, seu filho pode estranhar ou se apegar demais ao cara. Come x coisa que é ótimo para enjoo. Ah não come x coisa pq pode piorar o enjoo. Vai viajar? Mas você teve filho tem só 1 ano! Mas você vai levar ele ne? Não? Meu deus...Onde seu filho tá? Não dá doce pra ele! Olha a idade do menino! Ah, tem que dar doce, deixa o menino curtir um pouco. Que barriga linda, posso tocar? Mas ele fica esse tempo todo na casa do pai? Pra você trabalhar? Mas você é a mãe! E assim vai...
Existe a possibilidade de arrependimentos. Existe a possibilidade de não encontrar um amor incondicional no filho. Existe a possibilidade de não gostar do meu filho. Existe a possibilidade de sermos dois parentes que se estranham muito.
E se todo mundo pensasse muito antes de ter um filho, o mundo, bem talvez, seria um lugar melhor.
submitted by dreusdreus to desabafos [link] [comments]


2020.10.26 21:56 analisedeprodutos Melhores opções roteadores Wireless: Veja o ranking no blog do AN!

Você sabe quais são as melhores opções de roteadores wireless do mercado? Está precisando melhorar a sua conexão em algum cômodo da casa? Então, neste artigo você vai encontrar a solução que precisa.
Nós preparamos uma lista com os 10 melhores roteadores custo-benefício de 2020. Portanto, leia até o final para encontrar o modelo ideal e garantir uma boa conexão para sua família.

Leia o conteúdo completo: https://analisedeprodutos.com.binformatica/opcoes-roteadores-wireless/
submitted by analisedeprodutos to u/analisedeprodutos [link] [comments]


2020.10.26 14:15 margarita_sour Clarissa e Ricardo: Parte 1

Clarissa ficou feliz, mais um Match no Tinder. E dessa vez convenientemente perto de casa.
Conversaram pelo aplicativo, migraram a conversa para o WhatsApp. Até então seguindo o protocolo padrão dessa dinâmica de contatinhos que ela estava vivendo há quase dois anos.
Mas ela sentia que queria ir além, queria amar de novo. Quem sabe não seria agora?
Marcaram o primeiro encontro, e seria na hora do café da manhã. Na descrição de Clarissa ela tinha escrito que amava usar Allstar, Ricardo disse que não podia resistir a uma mulher de jaqueta na cintura e Allstar no pé.
Clarissa então colocou seu vestido cinza, o Allstar amarelo que anda para cima e para baixo com ela e amarrou sua jaqueta jeans na cintura.
Ela e Ricardo tinham combinando de se encontrar na esquina da casa de Clarissa por volta das 9h. Foram numa padaria alemã no bairro. Ricardo é um grande aficionado por cucas de banana.
Naquele dia não tinha cuca de banana, mas teve conversa, olho no olho e conexão.
Naquele dia Clarissa sentiu um frio na barriga, diferente do que vinha sentindo nos outros encontros que teve. Eram como borboletas dentro dela, que acompanharam ela e Ricardo em segredo até o mercado.
Sim, Clarissa convidou Ricardo para romanticamente acompanhá-la até o mercado, precisava comprar Quiboa para limpar os vasos sanitários.
Vai me dizer, não é qualquer um que topa ir comprar Quiboa às 10h da manhã né?
E na frente do prédio de Clarissa, com as sacolinhas de supermercado na mão eles se perguntaram:
- E agora, o que a gente faz?
E assim o primeiro beijo aconteceu.
E para Clarissa foi como flutuar um pouquinho, como se abaixo dos seus pés ela tivesse nuvens.
submitted by margarita_sour to u/margarita_sour [link] [comments]


2020.10.26 13:55 ParanoiaDelirante Amigos que não trabalham e estão sempre com um novo "esquema" pra conseguir dinheiro

Fala galera, vim relatar uma experiência que tem se tornado mais comum no meu ciclo social ao longo dos anos. Não sei se é uma coisa da minha região, da minha geração ou dos tempos atuais, mas tem ficado cada vez mais nítido pra mim e me incomodado cada vez mais.
Tem uma galera da minha idade (20-25 anos) que se recusa a trabalhar e fica inventando formas alternativas de ganhar dinheiro que, não necessariamente são ilegais ou fadadas a falhar, mas que parecem sempre ser só uma fase que claramente não vai levar a lugar nenhum. A pessoa sempre aparece empolgada pra te contar da ideia dela como se estivesse realmente empreendendo e fazendo muita grana, mas passam alguns meses e ela não só não levou a coisa pra frente, como talvez tenha até perdido dinheiro com aquilo.
Minerar bitcoin, apostar em poker online, day trade, fazer revenda de motos compradas em leilão, vender cursos online de terceiros, virar influencer de instagram/youtuber, tráfico de drogas, etc...
Eu fico frustrado porque sempre odiei trabalhar pros outros mas estou desde os 18 com a carteira assinada e sem tirar férias. Ralo pra caralho e mesmo passando uns perrengues de vez em quando, conquistei uma independência financeira só pra poder sair da casa dos meus pais e deixar de ser uma despesa pra eles.
Só que aí, basta sair ou encontrar com meus amigos que vejo que praticamente nenhum deles trabalha, e os que dizem "trabalhar" só fazem uns esquemas desses que não vingam e deixam o cara lá vivendo de patrocínio dos pais. Os anos passam e continuam todos na mesma. Quase nenhum parece ter pressa pra correr atrás de um emprego "formal" e estão sempre satisfeitos e contentes com a ilusão do momento, achando que não precisam de experiência ou de se rebaixar a ser funcionário de alguém pra ganhar dinheiro e fundamentar uma carreira. Eu sei que não é uma regra, e que essa visão "empreendedora" deles é importante, mas também dou valor no suor do trabalho duro, embora ninguém mais pareça concordar comigo.
Claro que agora eu tô aqui soando como um puta babaca e obviamente essas coisas que eu to chamando de esquemas são formas legítimas de ganhar dinheiro, mas eles esperam ser ultra bem sucedidos sem dar o mínimo de esforço, sem ter um plano B ou um plano C, sem ter uma renda fixa ou um capital inicial. Isso virou um padrão que se repete tanto, que acho que talvez seja um real problema da modernidade. Os jovens tem mais dificuldade de ingressar no mercado que está saturado em várias áreas e acabam recorrendo à essa ideia de "eu vou fazer diferente" e "eu vou ser melhor".
Vocês também notam isso?
submitted by ParanoiaDelirante to brasil [link] [comments]


2020.10.26 03:05 NynysChan Sofro de ansiedade e isso tá acabando com a minha vida

Basicamente estou com um tipo de timidez estrema/sociofobia desde os meus 6 anos de idade (tenho 16 agora) e com o tempo isso foi piorando muito. Quando eu era pequena eu adorava sair até que fui crescendo e fiquei me trancando mais em casa, não gostando muito de encontrar pessoas e etc. Minha mãe entendeu que eu era só antisocial mesmo mas também eu nunca tinha falado pra ele sobre isso, principalmente quando era pequena pois achava que era "normal" Dos meus 12 anos pra cima, comecei a me sentir muito desconfortável em público, não gostava muito da minha aparência e etc. Não lembro direito quando foi mas quando me pediram pra ir num lugar que eu não lembrava direito aonde era pra comprar pão e afirmando que eu conhecia aquele lugar, eu comecei a chorar e a minha família ficou brava comigo. Ansiedade nunca foi um problema pra mim, até esse ano quando comecei a ter meus primeiros ataques de pânico, e isso está acabando comigo de várias maneiras, é uma das piores sensações que eu já senti na minha vida. Eu não consigo respirar direito, eu não consigo falar direito ou pensar direito, eu fico sentindo minhas mãos/braços tremendo ou eu sinto minha cara dormente quando estou tendo um ataque de Pânico. Tenho uma técnica que eu aprendi vendo um seriado maravilhoso(seriado tá na Netflix e se chama Alexa e Katie, sim, estou fazendo propaganda no meio disso tudo). Basicamente é uma técnica de distração que ajuda a se distrair quando você percebe que vai ter um ataque de pânico, essas técnicas parece que fazem você se acalmar e se distrair do ataque de pânico acho, não sei explicar direito mas enfim:
1- Você conta de 1 a 30 e depois de 30 a 1. 2- Você começa a descrever como são as coisas na sua volta, tipo como montar elas. 3- Deixa as mãos moles e fica sacudindo elas, principalmente as pontos do dedo eu acho.
Eu espero ter ajudado outras pessoas com ansiedade com essas dicas e sinto muito texto longo, tenham uma ótima semana.
submitted by NynysChan to desabafos [link] [comments]


2020.10.24 22:07 VixzerZ Porque é tão difícil verificar a procedência de Canil no Brasil?

Galera sinceramente, estou chateada.
Antes de tudo, tenho um cachorro adotado, e tenho pesquisado há alguns meses sobre a aquisição de um cachorro da raça Bull Terrier, não é questão de adotar nesse caso, é questão de conseguir um cachorro com uma raça distinta desde filhote pra poder acostuma-lo bem com o meu vira latão velho de guerra amor da minha vida.
Pois bem, como disse, Estou pesquisando há alguns meses sobre uma raça de cachorro que quero comprar, o Bull Terrier, e agora, depois de verificar que a raça combina com a forma com a qual eu vivo e que eu vou conseguir prover um bom lar para o doguinho, que ele vai se dar bem com o dogão que já tenho, comecei a pesquisar alguns Canis em São Paulo.
Caramba que decepção... a conversa vai muito bem até eu começar a perguntar varias coisas referente ao registro do Canil e dos cães:
Além do registro do Canil junto à prefeitura sei que tenho que verificar se o Canil é registrado junto ao centro de zoonoses local, e ao Kennel club da raça e à Sociedade Brasileira de Cinofilia (por exemplo) , além de ter os exames genéticos (não sei se esse é o termo correto) e do registro do pedigree quando os criadores adoram falar que tem isso e aquilo. E depois disso tudo ainda tentar verificar da melhor forma que eu puder, se os cachorros filhotes/adultos são bem tratados. Faltou algo nessa lista?
Acredito que verificar algumas coisas básicas como estas são minha obrigação, não por causa de um pedaço de papel/documento, mas porque quero tentar encontrar um Canil sério que trata bem os animais e não esses montes que as vezes aparecem nas noticias porque maltratam os animais que dizem "criar".
Não sei se existe alguém que tem um cão dessa raça, Bull Terrier, ou se tem/conhece um canil desta raça aqui no Brasil mas, sinceramente, isso me faz lembrar porque só tenho adotado cães..... eu sinceramente fico com uma dúvida ferrenha quanto à idoneidade desses criadores.... qualquer um falsifica um logo de membro de qualquer associação, fotos e etc hoje em dia. Agora registro em prefeitura e associações cinófilas é mais difícil.
Sei que isso também não é garantia total mas ao menos se a pessoa cumprir com suas obrigações com a lei e com os órgãos de cinofilia acho que já é alguma coisa.
Claro que eles gastam grana, e tempo, e carinho mas não fazem mais nada que a obrigação deles, na minha opinião, já que querem lucrar com a venda de animais, não tem nada de errado em querer lucro, só não vou admitir dar dinheiro pra um canil/criador que não cumpre com sua parte.
Bom... se vocês conhecem um Canil de boa procedência/confiança aceito dicas, se tiver alguém com um Bull Terrier lendo isso aqui e puder me indicar um canil, agradeço muito, claro que ainda vou tentar fazer todas essas verificações mas já é alguma coisa.
submitted by VixzerZ to brasil [link] [comments]


2020.10.24 18:11 inv3stbr Movimento dos Brownie Loko [Geometric Brownian Motion] [Parte 1]

Movimento dos Brownie Loko [Geometric Brownian Motion] [Parte 1]
Salve salve transmissores de leptospirose.
Um tempo atrás escrevi uma série de posts sobre como perder dinheiro com opções (O guia definitivo (de como perder dinheiro)). Como nenhum infeliz postou um preju delicinha de ver, desisti de continuar. Mas nesse fds to inspirado timao. Vou ensinar você (de grátis ainda) a perder dinheiro com simulações de preços através do geometric brownian motion, com direito a nominho em inglês e os krl. Mas antes, preciso passar um pouco pela hipótese de que os preços são aleatórios.
Escolha um ativo qualquer e olhe sua série de preços. Como bom analista técnico, você vai encontrar uma série de padrões. Estrela cadente, martelo invertido, bola membro bola e tantas outras. Mas você pode estar na verdade olhando para uma série aleatória sem se dar conta. Exemplo:
Canal de baixa
Tu enxergou um monte de padrão ai nessa porra neh? kkkk Mas... essa série de preços foram geradas aleatoriamente e sem nenhuma correlação serial. Ain mas eu n sei o q eh isso. Mongão, quer dizer que não importa o padrão que você encontre, o poder preditivo dessa porra é zero.
Eu sou do time que acredita que parecer randômico não necessariamente quer dizer q seja, apenas não conhecemos seu processo gerador. Ain... vtnc com esse ain. O output de jogar uma moeda para cima pode parecer aleatório, mas não é. Sabendo o ângulo do arremesso, a força, resistência do ar e a vontade de deus, conseguimos estimar com precisão em qual lado a moeda cairá. Mas, conseguimos modelar os resultados como se fossem aleatórios, mesmo não sendo.
Então se você quer saber os possíveis caminhos que algum ativo pode seguir, você ta no lugar errado e na hora errada, porque eh exatamente isso q eu vou te ensinar.
ibov realizado + simulações
Pra fazer isso você precisa conhecer duas propriedades apenas: a média aritmética dos retornos e seu desvio-padrão. Tendo isso em mãos, segue pra parte II.
submitted by inv3stbr to farialimabets [link] [comments]


2020.10.24 01:25 mentalorgasmo EU APENAS QUERO FODER

Você acha que eu me importo que está com outro? Eu não quero saber de merda nenhuma! Desejo o melhor para você, no maior altruísmo. Pode ir para a merda que não ficarei nem 1% abalado. Vai lá receber oral mal feito, com pressa, afobação, vai! Não posso fazer nada por você. Atitude aqui é o que não falta, graças à minha praticidade. Foi muito tempo de surras e derrotas para eu aprender a não valorizar pessoas de alma vazia como você. O mundo gira, mulher sem atitude roda. Nem para me contar a verdade você prestou. É uma pena você ter mentido e eu não ter caído no seu plano. Poxa! Bem que seria legal para você, né, se eu desse esse mole para sua pequenez? [Risos]
Aproveita que a vida te dá o livre arbítrio e não se arrependa! Estou suave, me deleitando na minha vida voluptuosa, com o coração gelado. Estou na era do gelo, coração frio, sem tempo para preocupações banais como você. Me blindei! Agora sou mais feliz porque eu não quero saber de mulheres como você, que usa a mentira para armar contra o aprazível. Durante as transas vivia dizendo que eu era espetacular, te causava danos positivos interiormente, se molhava fácil, fazia delirar como ninguém, e da noite para o dia muda de opinião como se nunca tivesse dito nada.
O que me deixa “revoltado” é que é difícil encontrar uma boceta tão cheirosa, apetitosa e deliciosa como a sua. No mundo atual, quanto mais fácil é a higienização, o dobro as mulheres se desleixam. Já você, toda deliciosa, me jogou para escanteio porque fui assaz bonzinho. A vida cobra e eu pago o preço sem problema… Eu apenas quero foder.
Sua estupidez extrapassou limites. Vichi! Eu só queria te ajudar a se levantar, proporcionar as melhores sensações, desabafar eroticamente, baixinho nos seus belos ouvidos… Não deu, pois sua ignorância com esse podre ego inflado atrapalhou. Tentei me importar mas não compensa. Numa ice age como essa, permitir que minha estrutura seja abalada nessa altura do campeonato é suicídio. Portanto, a vida continua, e quem ganha com isso sou eu, porque eu só quero foder com as melhores mulheres. Somente! Porque eu não preciso do seu falso amor.
submitted by mentalorgasmo to u/mentalorgasmo [link] [comments]


2020.10.23 18:30 ocoio DICA: Se você trabalha como programador / na área de TI procure um emprego remoto em empresa gringa

Ei brasil estou escrevendo esse texto pq recentemente eu vi um post no Estadão que dizia: "Não basta só ter um currículo, é preciso adaptá-lo a cada vaga..." Algo assim. Esse Post dele me indignou um pouco, não o post em si mas as coisas ridículas que os "CEO"s brasileiros fazem o trabalhador passar pra ser contratado e receber um salário de merda.
Minha história:
Eu abri uma startup, a startup não deu certo, fechei, resolvi procurar emprego como desenvolvedor. Meu primeiro passo foi me cadastrar nesses sites tipo revelo e geekhunter. Coloquei como pretensão salarial 10K. Nenhuma empresa me contatou, pq ? pq eles querem programadores com um absurdo de experiências em tecnologias super específicas e querem te pagar 4k em regime PJ. É ridículo. Sem contar que pra se quer conseguir uma entrevista tu precisa estar com o currículo bonitinho e inflado e cheio de coisa inútil.

Pois bem, frustrado com essa experiência reescrevi todo meu perfil no linkedin em inglês e comecei a me cadastrar em sites de emprego remoto. Resultado? em menos de 2 meses eu fiz 20 processos de seleção e fui contratado duas vezes. A primeira eu não gostei da empresa e me demiti, uma semana depois fui contrato em uma outra empresa maravilhosa que hoje me paga 4500 EUR por mês. Detalhe para todas essas entrevistas eu usei um único currículo que é o que o linkedin gera pra ti (https://cvonline.me/en/generate-cv-from-linkedin).

Enfim, não vim aqui pra falar muito de mim, meu intuito com esse post é dar informações e motivar quem ta na dúvida ou até quem nunca pensou em trabalhar para uma empresa estrangeira a, pelo menos, tentar.

Alguns pontos gerais:
Sites que eu usei para procurar emprego:
Outra dica que eu acho muito importante, use esse software na hora de escrever em inglês: https://app.grammarly.com/ A versão gratuita ajuda muito a escrever um texto sem erros e a versão paga é melhor ainda. Sério. Vale muito a pena.

Outra coisa você vc vai precisar pagar impostos pra não dar ruim, então use a https://transferwise.com pra receber seu dinheiro e para abrir uma empresa, ficar de boas com o fisco (que, aliás, Por que Michelle recebeu R$ 89 mil de Fabrício Queiroz?) e não se estressar muito com o processo recomendo a: https://www.contabilizei.com.b eles te ajudam a abrir a empresa (basicamente fazem tudo por ti) e te ajudam em dúvidas e em como pagar o menor imposto.

É isso, espero que esse post motive alguém a ir atrás de seus sonhos. Honestamente foda-se os empresários bunde moles brasileiro e digo isso como ex empresário bunda mole.
Abraços
submitted by ocoio to brasil [link] [comments]


2020.10.23 04:41 Ghasmeplay Quando será que alguém vai encontrar isso por acaso?

submitted by Ghasmeplay to DuvidasEstupidas [link] [comments]


2020.10.22 17:45 Antedeguemonnn Meu corpo é uma merda.

É pessoal algumas pessoas nascem feias e outras se tornam, eu sou o segundo caso kkkk, acho impressionante como o tempo me ferrou, tenho apenas 19 anos mas tenho certeza que meu corpo ainda vai se ferrar muito mais do que ele já é, segue a história. Até os 12 anos eu tinha aparência normal e até ouso dizer que era bonitinho, mais a puberdade veio para me fuder com força, nessa fase comecei a ter espinha pra cacete que duram até hoje e pra completar toda espinha que eu tinha deixava marca mesmo sem espremer, como resultado meu rosto está acabando vocês já devem imaginar como. E não acaba por aí, a maravilhosa puberdade também me trouxe ginecomastia, que de todos os meus problemas esses é o pior, no meu caso é apenas grau 1, só o mamilo é tufado, mas isso foi o suficiente pra estragar minha adolescência de vez. Graças a isso eu nem posso andar na famosa postura confiante que é com os ombros para trás e peito estufafo, acabei adquirindo uma postura ridícula com os ombros inclinados para frente. Além disso eu passei praticamente toda a minha vida escolar a partir do sexto ano usando moleton para esconder isso, até parei de ir nas aulas de educação física, e como moro em um lugar quente a situação fica ainda pior, a sorte era que as salas possuíam ar-condicionado, entretanto quando as aulas acabavam e eu tinha que esperar meus pais chegarem para me buscar todos tiraram os seus moletons e só eu ficava sofrendo com o calor por causa dessa desgraça, tudo com o intuito de esconder. Mas mesmo assim não dá para ir para todos os lugares de moleton, então quando eu saio para qualquer lugar e vou conversar tenho que ir com uma camisa normal, então quando vou conversar com alguém seja um conhecido ou um atendente as pessoas sempre dão aquela olhada pro meu peito que me destrói, vocês não tem noção, eu não posso nem usar as camisas que eu quero pois se não meus peitinhos ficam muito destacados, tenho sempre que ficar me policiando sobre qual camisa comprar. Eu até comecei a fazer academia para ver se melhorava de alguma forma mas foi inútil, só serviu para me deixar com inveja dos outros homens que não possuem esse problema, pelo menos fiquei grandão, mais enfim, só homens que tem ginecomastia sabem do que eu tô falando, isso destruiu minha autoestima, e nunca mais fiquei sem camisa desde os 12 anos, e consequentemente não vou mais para praia. Nem preciso dizer que sou BV não é? E é claro ainda tem mais problemas, eu também sofro com furúnculos de uma forma inexplicável eu já tive várias desde quando era criança e tenho até hoje, o verdadeiro problema delas são as marcas que elas deixam, como eu tive muitos furúnculos consequentemente tenho muitas marcas, principalmente nas pernas, mas ao contrário das espinha, pelo menos consigo esconder as marcas com roupa. E também para aumentar a minha feiura ainda mais eu tive uma espinha gigantesca na minha sobrancelha e quando eu finalmente me livro dela ela deixou um buraco na sombrancelha, kkkk é rir para não chorar. E para finalizar, o problema mais recente, que aconteceu durante a quarentena a minha pálpebra começou a cair, tipo a do defante, para quem conhece, kkk vai ser foda reencontrar os conhecidos, todo mundo vai se encontrar plenos e lindos, e eu vou aparecer com uma pálpebra mais caída que a outra kkkk. Já não basta eu ser introvertido, ainda sou todo lascado, vai ser foda fazer amizade na faculdade. Apesar de todos esses problemas eu não tenho mais depressão e nem penso em me matar, apesar de já ter perdido uma chance de emprego por causa da aparência, só queria desabafar mesmo, acredito que algum dia todo esses sofrimento vai ter algum sentido.
Desculpem pelo textão mais acho que se não contextualizasse não teria tanto peso, e obrigado a todos que leram.
submitted by Antedeguemonnn to desabafos [link] [comments]


2020.10.22 16:54 Live_Faster Nunca achei que fosse possível se afastar de um amigo por visões de quarentena...

... até ter um amigo, bem próximo, que começou a desprezar sutilmente os meus esforços de me isolar em casa, como se a rotina dele de sair, se encontrar com pessoas (tudo sem máscara), e até ficar com uma galera nessa época fosse a porra de um modelo a ser seguido.
Agora, o mesmo amigo tá organizando uma festa de aniversário na casa dele, boa parte dos meus amigos vai. Uma pequena aglomeração de pessoas sem máscara que vão se embebedar pra voltar a velha normalidade. E eu queria ir também... mas sinceramente, eu já sou a nova normalidade. E prefiro ficar com a consciência limpa de que não fiz algo que, no fundo, eu não queria fazer. A bosta é ouvir desse amigo um monte de conselho como se o cara fosse um sábio da montanha, me tratando (sutilmente, que acaba cortando mais fundo) como paranoico por estar levando a sério o isolamento.
Sério, pessoas, que momento estamos vivendo. Aqueles que estão conseguindo manter uma certa integridade com a quarentena, ainda mais depois de todo esse tempo que já passou, aqui vai os meus mais sinceros agradecimentos. Creio que esses tempos sejam, também, de uma incrível evolução espiritual. E por estarmos vibrando em prol de uma ideia de "bem coletivo", e até de integridade física com o nosso corpo, a gente vai tirar algo muito bom disso tudo. Pelo menos algo diferente das pessoas que vibram no egoísmo, isso é certo.
submitted by Live_Faster to desabafos [link] [comments]